Banner
   
Tamanho Texto

Busca

Secretaria do Trabalho de Londrina zera índice de inadimplência no microcrédito

Share

Mantendo um relacionamento próximo com empreendedores os agentes de crédito conseguiram a alcançar marca de 0% na taxa de inadimplência

 

A Secretaria Municipal do Trabalho, Emprego e Renda de Londrina (SMTER) alcançou uma marca expressiva com os empreendedores que contrataram o financiamentos de microcrédito em 2018. A taxa de inadimplência da carteira de clientes captados pela SMTER foi de 0% em novembro. No total, são 21 contratos firmados neste ano e que não registram parcelas em atraso. Esses contratos representam mais de R$ 200 mil injetados pelos micro e pequenos empreendedores na economia londrinense por meio da linha Microcrédito Fácil da Fomento Paraná, em parceria com a Prefeitura de Londrina.

O secretário municipal do Trabalho, Emprego e Renda, Elzo Carreri, explicou que foi determinante para o sucesso do projeto dar o tempo certo para que as coisas acontecessem. “Após a habilitação de dois servidores junto à Fomento Paraná, em janeiro, nós respeitamos o período de adaptação à nova função, de conhecimento das especificidades do trabalho de agente de crédito e da confiança no atendimento para então iniciar a divulgação do serviço”, disse ele. “No segundo semestre entramos com força total. De lá para cá foram firmados praticamente 90% dos contratos de 2018. A expectativa é atingir R$ 500 mil concedidos no próximo ano e continuar crescendo”, prevê o secretário.

Carreri explicou que o segredo está em manter um relacionamento próximo com o empreendedor. “É importante deixar todos os detalhes que envolvem o processo de financiamento bem claros desde o início. Além disso, sempre devemos acompanhar pelo sistema o pagamento das parcelas e entrar em contato em caso do não pagamento, para ver se o empreendedor está com alguma dificuldade ou se apenas esqueceu da data de vencimento do boleto”, explica. “Quando ocorrem atrasos recorrentes temos todo o suporte da Fomento Paraná para renegociações, mas em Londrina isso foi necessário apenas em contratos que haviam sido realizados há mais tempo. Tudo isso colaborou para conquistar essa marca de 0% na inadimplência”, disse.

O microcrédito - A linha Microcrédito Fácil é voltada para atender MEI e microempresários. O crédito é oferecido pela Fomento Paraná por meio de uma parceria com a SMTER. As taxas são subsidiadas e permitem que esses empreendedores possam expandir ou mesmo manter seus negócios. O financiamento pode chegar a R$ 20 mil para pessoa jurídica e até R$ 10 mil para pessoa física, como profissionais autônomos que já exercem atividades econômicas há algum tempo.

Microempreendedores que tenham a pessoa jurídica constituída há mais de 12 meses têm a possibilidade de contratar o valor máximo, mas o crédito é concedido sempre de acordo com a capacidade de pagamento do empreendimento, para reduzir riscos.

Pessoas físicas que desejam iniciar um negócio também podem contratar uma operação de crédito de até R$ 5 mil para dar o pontapé inicial do empreendimento. O prazo para pagamento do financiamento é de até 36 meses, podendo ter até três meses de carência para iniciar o pagamento das parcelas.

Para ter acesso ao Microcrédito Fácil é preciso apresentar um avalista e não ter nenhuma restrição proveniente de obrigação de prestação em dinheiro, como dívidas com o poder público (impostos, contas atrasadas), instituições bancárias, ou anotações nos órgãos de proteção ao crédito.

Para saber mais sobre o microcrédito orientado basta acessar o www.londrina.pr.gov.br/microcrédito e preencher o formulário que os agentes de crédito da SMTER entram em contato com os interessados. Quem preferir pode ligar para o (43) 3373-5701 ou ir até a Secretaria, que fica na rua Pernambuco, 162. O atendimento para o microcrédito vai das 10h às 16h.

Fomento Paraná – É uma instituição financeira de desenvolvimento pública do Estado do Paraná. A instituição mantém uma rede de mais de 250 agentes de crédito que atendem nos municípios paranaenses.

A Fomento Paraná financia projetos de investimento para empreendedores da indústria, do comércio, do setor de serviços e da agricultura. Desde 2011, a instituição já contratou cerca de R$ 1 bilhão em financiamentos para empresas de micro, pequeno e médio porte em todo o estado. No microcrédito, linha que atende especialmente os pequenos negócios, foram contratados R$ 276,5 milhões. Essas operações beneficiaram mais de 27 mil empreendimentos em 315 municípios de todas as regiões do Estado.

Acesso Fácil

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 3012 visitantes

Núcleo de Comunicação

Banner
Banner