Banner
   
Tamanho Texto

Busca

Rotatórias e locais públicos de Londrina recebem flores

Share

plantio.mudas.VP

 

Todas as mudas utilizadas advém do Viveiro Municipal de Londrina, que conta, atualmente, com cerca de 10 mil mudas em formação 

Até sexta-feira (8), os profissionais da Secretaria Municipal do Ambiente (Sema) vão plantar mudas de flores no Calçadão da cidade, nas rotatórias da barragem do Lago Igapó e da Avenida Santos Dumond e em frente à sede administrativa da Prefeitura de Londrina.

Os trabalhos de reposição de 200 mudas no Calçadão deve ser finalizado nesta quarta-feira (6), até o final do dia. Ao todo, o local recebeu mais de 2 mil flores que estão colorindo o espaço. Após a finalização, a rotatória da Avenida Santos Dumond receberá a nova decoração. Nela será feito um cículo interno de flores com 80 centímetros de largura.

Na sequência, os funcionários vão decorar a rotatória da Barragem do Lago Igapó, entre as ruas Herodoto, Almeida Garret e a Bélgica, próximo à Prefeitura. Ela receberá dois círculos, sendo um central e outro periférico, com 2.500 mudas de flores.

A entrada da sede administrativa da Prefeitura de Londrina, na Avenida Duque de Caxias, 635, também será embelezada com 1.200 mudas de beijinhos coloridos. Na Praça Sete de Setembro, a Sema já fez o controle de pragas e, em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social, plantou 500 flores. Assim como plantou 2 mil mudas no Bosque Central.

A intenção é colorir a cidade e deixá-la mais bonita aos moradores e visitantes. Para isso, os arquitetos e os engenheiros agrônomos da Sema fazem um desenho específico em cada localidade, considerando o tamanho, diâmetro e altura do espaço onde as mudas serão plantadas. Conforme esses dados, as rotatórias e corredores centrais das avenidas terão desenhos de forma que, tanto os motoristas quanto os pedestres, possam vê-los.

“Nossa ideia é deixar a cidade mais bonita e atrativa, especialmente para promovermos a ocupação dos espaços públicos e a promoção do exercício da cidadania e o cuidado com a cidade. Assim, com a ajuda da população nossa cidade ficará cada vez mais agradável”, explicou a secretária do Ambiente, Roberta Queiroz.

Para isso, foram escolhidas mudas de espécies da mata Atlântica adaptadas ao clima de Londrina, como flores de petúnia, sálvia vermelha, tagetes, beijinho americano, cravo e vincas. Elas são consideradas mais perenes e têm uma durabilidade maior do que outras espécies. A intenção do Poder Executivo é que até o final da gestão do Marcelo Belinati todas as principais rotatórias e avenidas da cidades estejam floridas.

Além do plantio, os profissionais da Sema realizam um trabalho de preparo do solo com adubação, prosseguindo mesmo depois de as mudas plantadas. Com o decorrer do tempo, as flores que vierem a secar ou forem retiradas são substituídas. Para mantê-las sempre bonitas há irrigação constante.

Todas as mudas utilizadas advém do Viveiro Municipal de Londrina, que conta, atualmente, com cerca de 10 mil mudas em formação. O dinheiro necessário para os cuidados com o solo, insumos e o plantio é proveniente do Fundo Municipal do Meio Ambiente e próprio da Prefeitura.

Foto: Vivian Honorato

Acesso Fácil

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 3071 visitantes