Banner
   
Tamanho Texto

Busca

topo2017 recursos humanos

Programa de Prevenção e Tratamento do Alcoolismo

Share

Regulamentação:


Decreto nº. 602 de 16 de outubro de 1998
Estabelece normas para prevenção e o tratamento do alcoolismo no âmbito da Administração Direta e Indireta do Município.


Grupos de Apoio a Servidores(as) Alcoolistas “Alcóolicos Anônimos”
Reuniões todas as segundas-feiras das 8h às 10h 

Grupo de Apoio a Familiares de Alcoolistas “AL-ANON”
Reuniões todas as terças-feiras das 8h às 10h


O que é Alcoolismo?
O alcoolismo é uma doença (síndrome de dependência do álcool) primária, crônica, com fatores genéticos, psicossociais e ambientais que influenciam em seu desenvolvimento e manifestação; é progressiva e, se não tratada fatal.

Por ser uma doença crônica, o alcoolismo, necessita de tratamento para o seu controle, pois não há cura, ou seja, o(a) alcoólico(a), mesmo estando em abstinência há muito tempo, não se torna apto(a) a ingerir bebida alcoólica de forma controlada. Manter-se em abstinência alcoólica, é fundamental para a sua recuperação e é seu grande desafio ao longo da vida.

Os prejuízos provocados pelo alcoolismo vão além da autodestruição do(a) alcoólico(a) pois o álcool é uma droga alteradora de comportamento, com conseqüências consideradas de grande gravidade, tornado-o um dos maiores problemas de saúde pública e sócio-econônico.


Efeitos danosos do Alcoolismo:

 1) Problemas Sociais:
Desajuste no lar, separação conjugal, perda do emprego, endividamento, irresponsabilidade no trabalho, acidentes, etc.

2) Problemas Psíquicos:
Empobrecimento da auto-imagem, perda da memória, problema de orientação temporal e espacial, demência, etc.

3) Doenças Físicas:
Hepatite, cirrose hepática, inflamação nos nervos dos braços e pernas, problemas do coração, da coordenação motora, impotência sexual, lesões cerebrais, etc.


Ações da PML:

Considerando que:

  • Aproximadamente 10% de uma população adulta é predisponente ao alcoolismo;
  • É crescente o consumo de bebida alcoólica na sociedade;


Alcoolismo =

  • Risco de acidentes de trabalho e de trânsito;
  • Comprometimento da saúde e qualidade de vida;
  • Atrasos e faltas ao trabalho;
  • A produtividade do(a) trabalhador(a) é comprometida.


A Prefeitura Municipal de Londrina implantou o Programa de Prevenção e Tratamento do Alcoolismo em 1993 e normatizou em 1998, através do Decreto 602/98, com objetivo de oportunizar ao servidor(a) condições de prevenção, tratamento e recuperação do alcoolismo, buscando melhor qualidade de vida, produtividade e segurança no trabalho.


Procedimentos:

  •  Informação geral sobre o alcoolismo a todos(as) servidores(as) municipais;
  • Avaliação e acompanhamento ambulatorial dos casos pela Equipe Técnica da DSO;
  • Encaminhamento para tratamento (internamento ou ambulatorial), utilizando a rede de servidores do Município e da Região;
  • Atenção à família do(a) servidor(a) para apoio e orientação quanto ao papel de cada um dos membros da família frente ao tratamento e recuperação do(a) alcoolista;
  • Orientação e envolvimento de chefias no processo de tratamento do(a) alcoolista;
  • Grupos de Apoio:

Acesso Fácil

Recursos Humanos

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 3241 visitantes